Oftalmologia

Oftalmologia é o estudo do olho, é uma especialidade da medicina que estuda e trata as doenças relacionadas ao olho, à refração e aos olhos e seus anexos. O médico oftalmologista realiza cirurgias, prescreve tratamentos e correções para os distúrbios de visão. A oftalmologia tem várias sub-especialidades, entre elas a oftalmo-pediatria, a plástica ocular, doenças orbitárias, doenças das vias lacrimais, o estrabismo, o glaucoma, a cirurgia refrativa, retina,córnea, etc.

A oftalmologia, como parte da medicina e especialidade médica, é dedicada ao estudo, diagnóstico e tratamento de doenças e erros de refração apresentados pelo olho, oculística e oftalmiatria. Seu estudo envolve doenças como astigmatismo, ambliopia, catarata, degeneração macular, pterígio, toxoplasmose e tumores oculares.

Perguntas Frequentes

A presbiopia (ou vista cansada, ou ainda síndrome do “braço curto”) é uma condição universal em que perde-se a capacidade de focalizar objetos próximos (60cm ou menos), que se inicia ao redor dos 40 anos, e piora progressivamente até aproximadamente 60-65 anos. Isto se deve à perda da capacidade de nossa lente natural intraocular, o cristalino e suas estruturas adjacentes, de se modelar para fornecer o foco de perto desejado. Neste momento, o uso de óculos , lentes de contato ou procedimentos cirúrgicos (em casos selecionados) podem corrigir a deficiência.
Catarata é a opacificação (amarelamento, endurecimento) do cristalino, que é uma lente natural que possuímos dentro dos nossos olhos. Com a perda da transparência desta estrutura, a transmissão da luz até o fundo do olho fica prejudicada, se traduzindo em piora na qualidade visual.
O único tratamento disponível no mundo é cirúrgico, e os tratamentos clínicos (colírios, exercícios físicos) são comprovadamente INEFICAZES na reversão da doença.
Ceratocone é a doença em que ocorre formação de um bico ou encurvamento excessivo na primeira e mais importante lente dos olhos, a CÓRNEA. Nesta doença, em vez de a luz ser bloqueada como na catarata, ela sofre desvios grandes que impedem que chegue com quantidade e qualidade boas no fundo do olho.
O tratamento é muito personalizado em cada caso, podendo haver combinações de várias técnicas no mesmo paciente, dependendo da experiência do cirurgião oftalmológico. Costumo dividir os tratamentos em métodos para melhorar a visão (óculos, lentes de contato gelatinosas ou rígidas, anel de Ferrara, implante de lente intraocular, cirurgia a laser, transplante de córnea), e métodos para estabilizar a doença (crosslinking do colágeno, anel de Ferrara). A escolha do tratamento leva em conta idade, nível visão do paciente, classificação da gravidade e progressão da doença, presença de alergia grave, etc.

Especialista

Dr. Lucas Shiokawa
Ver curriculo
Dr. Lucas Shiokawa

Oftalmologia

Não encontrou a sua dúvida?

Envie sua pergunta para nossos especialistas

Agende sua CONSULTA ONLINE!

Outras especialidades

©2021 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Preciso Web